Colunas

Sucesso sem realização é igual a fracasso

Lilian Marins - Head da operação Amcham Brasil na Bahia

Sucesso sem realização é igual a fracasso
Coluna Business Bahia

Coluna Business Bahia

11/09/2021 12:00pm

Uma mulher de fé e coragem, sem dúvida alguma, é a melhor forma de me descrever.

Essa fé que norteia minhas decisões tem origem familiar, Edson e Tânia Marins, meus pais, os meus exemplos e inspiração para buscar a cada dia ser a minha melhor versão. 

Nascida em Salvador, filha do meio e cheia de personalidade, tive uma infância envolvida de amor pela unidade familiar, porém foi aos meus 16 anos que comecei a apresentar evidências do quanto a inovação e o empreendedorismo já faziam parte do meu DNA. 

Sem ter nenhum histórico de intercâmbio na família, em 1999 com apenas 16 anos, manifestei o desejo de falar inglês fluente e, assim, convenci meus pais a investir no projeto de morar nos Estados Unidos. Naquele ano começava uma jornada internacional, fui morar na Califórnia-USA e voltei com sonhos ainda maiores. 

Retornar ao Brasil depois de viver o “California Dreams” influenciou na minha escolha pela formação profissional em Relações Internacionais, afinal eu sempre me senti uma cidadã do mundo. Aos 21 anos concluí minha primeira formação e já estava envolvida nos negócios da família, foi quando eu entendi que precisava aprimorar minhas competências como gestora. Assim, me tornei a mais jovem gestora da primeira turma do MBA em Gestão Empresarial da FGV na Bahia 2005.

Você lembra que eu falei que família sempre foi o meu principal valor? Então, acho que por isso que construí minha unidade familiar tão cedo. Ser mãe e esposa sempre foram prioridades, hoje já são 17 anos de casada com Nelson Oliveira e dois filhos maravilhosos, Arthur, de 15 anos e Luma, com 8 aninhos.

Mas como viver meus múltiplos papéis com equilíbrio? Como me realizar em todas as áreas sem abrir mão de nenhuma delas? Como viver a minha essência sem me perder de mim? Essas respostas só vieram depois de um Burnout em 2015, após 5 anos como head da maior marca de móveis da América Latina, liderava um time de 100 colaboradores e faturava mais de 7 dígitos, isso tudo com apenas 32 anos de idade, mas foi nesse lugar que também aprendi que sucesso sem realização é igual a fracasso. 

Sim, pode ser que para muitos eu fracassei, mas no meu mundo eu me achei. Eu tive coragem de dar um passo para encerrar aquele capitulo do meu livro da vida e começar um novo. O que aconteceu nesse novo? Ah, me permita contar!

Em 2016 tive o momento de grande disrupção e expansão de repertório. Participei de uma missão educacional no Vale do Silício - California/USA e de lá para cá nada foi igual. Muitas formações nacionais e internacionais em desenvolvimento pessoal e negócios, muitos treinamentos, muitas palestras e muitas vidas transformadas, mas ainda tinha uma experiência não vivida, a gestão pública. Em 2017 fui convidada a fazer parte do time de gestores da Prefeitura Municipal de Salvador e contribuir com o planejamento estratégico da cidade, confesso que foi outra experiência de altíssimo impacto que me ensinou muito e me permitiu apaixonar-me  ainda mais pela minha cidade. 

Porém, como cidadã do mundo, a imigração já estava no meu radar, só que dessa vez não mais sozinha, toda a família viveu a experiência do Maple com Dendê. Nos últimos 3 anos eu estava fora do Brasil, morando e estudando em Toronto - CA. Lá eu fiz uma especialização em Gestão de Projetos e vivi as maiores e melhores oportunidades de desenvolvimento profissional e pessoal na minha vida, até então. 

Agora, de volta para casa, tenho a certeza que chegou a hora do giveback (retribuir). Eu verdadeiramente acredito que a nossa responsabilidade deve ser proporcional ao nosso privilégio e, por conta disso, volto para Salvador cheia de entusiasmos para contribuir com o desenvolvimento da minha cidade/estado/país.

Sem dúvida alguma, o maior impacto positivo ao retornar para a Bahia foi encontrar ecossistemas com trocas de experiências tão ricas, como o Business Bahia. Gratidão ao Carlos Falcão e a Verônica Villas Bôas por promoverem essa expansão de repertório e, consequentemente, inovação.

Hoje atuo como head da operação Amcham Brasil na Bahia e sigo como empreendedora digital, desenvolvendo programas de mentoria exclusivamente para mulheres que desejam assumir o seu protagonismo e viver os seus múltiplos papéis sem culpa, sendo líderes e gestoras transformadoras.